Arquivo da categoria ‘Ambiente/Infraestrutura’

Ola Pessoal, tudo bom?

Hoje trago uma dica bastante simples porém muito utilizada no processo de desenvolvimento utilizando a suíte OBIEE.

As variáveis de apresentação foram concebidas para funcionarem em escopo de painel, ou seja, somente conseguimos atribuir um valor a este objeto através de um painel (como por exemplo através de um prompt de painel).

Quando construímos uma analise e temos a necessidade de utilizar estas variáveis normalmente definimos um valor padrão para a variável que somente é substituído quando populamos esta variável mapeada no relatório em escopo de painel.

Isto pode se tornar um problema quando esquecemos de definir um valor padrão em nosso prompt de painel ou quando não deve existir um valor padrão, pois a analise será filtrada pelo valor default que você associou a variável dentro de sua análise.

Para contornar isso trouxe hoje uma dica bastante simples. Ao invés de você utilizar um valor padrão válido, utilize o “%”, ele garantirá que todos os resultados para aquela coluna serão retornados caso a variável de apresentação não seja populada com um valor específico.

Qualquer dúvida estou a disposição

Abraços

Felipe Idalgo

 

Ola Pessoal, tudo certo?

Hoje venho falar de um problema bastante recorrente nas fases de implantação do OBIEE11g e que na grande maioria das vezes tem força para levar o projeto em questão ao desastre.

Presentation Cache, ou Cache de Apresentação do OBIEE.

Quando os usuários acessam ou executam objetos, como consultas, agentes, alertas e etc, O Presentation Services armazena em cache os resultados das consultas executadas em sua fonte de dados. Esse tipo de cache é um cache de resultados do cliente.

Nas análises subsequentes que forem executas, o próprio Presentation Services determina se pode usar os resultados em cache (com a ajuda do sagetsharedrequestkey, função ODBC) ou se terá que fazer uma nova consulta na fonte de dados.

Os arquivos do cache de Apresentação têm nomes como nQS_xxxx_x_xxxxxx.TMP e são criados pelo driver ODBC.

No OBIEE11g, podemos encontrar este arquivo no diretório “ORACLE_INSTANCE\tmp\OracleBIPresentationServices\coreapplication_obipsn\obis_temp”

Este tipo de cache é extremamente útil para melhorar a performance do OBIEE, porém em alguns casos ele pode te gerar uma bela dor de cabeça, por exemplo, se imagine em fase de desenvolvimento, onde os dados mudam com bastante frequência, precisamos sempre acessar os dados atualizados e muitas vezes esse recurso de cache atrapalha bastante.

A dica que trago hoje, é na verdade um procedimento bastante simples, mas que salva muitos empregos por ai…rsss

Como dar um by-pass no cache de aprensentação do OBIEE?

1 – Acesse o seu arquivo instanceconfig.xml (não se esqueça sempre de fazer um backup do mesmo antes de alterá-lo) localizado em “ORACLE_INSTANCE/config/OracleBIPresentationServices/coreapplication_obipsn/”;

2 – Dentro da tag <SERVER_INSTANCE>, la no final do arquivo, adicione os seguintes parâmetros:

<Cursors>
    <ForceRefresh>true</ForceRefresh>
</Cursors>

3 – Salve seu arquivo e reinicie os serviços de apresentação do OBIEE.

Pronto, agora você não está mais trabalhando com cache de apresentação.

treinamento

 

 

 

Vale lembrar que no ambiente OBIEE11g também podemos controlar o cache físico, ou seja, o “BI Server Query Cache”. Esta política precisa sempre ser bem definida para que o usuário não corra o risco de estar consultando dados obsoletos.

Abraços e até a próxima

Felipe Idalgo

 

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje venho compartilhar um recurso do OBIEE 11g bastante simples, porém muito produtivo quando bem implantado.

Este recurso de formatação de colunas lhe permite criar configurações padrões de estilo e mascará por coluna de apresentação ou tipo de dados.

Aplicando uma formatação padrão por tipo de dados

Para este procedimento precisamos eleger uma coluna com um tipo de dados especifico.

Por exemplo, no nosso caso vamos eleger a coluna “Qt Area Plant Prev” que tem seu tipo de dados definido na camada física do repositório de metadados como “DOUBLE”

0

Na aba resultados podemos verificar o formato padrão da coluna já utilizando um recurso de estilo customizado (quer saber mais sobre estilo customizado? Clique aqui)

Agora vamos acessar as propriedades desta coluna para criarmos um padrão de formatação para todos os campos do tipo “DOUBLE”

Eu por exemplo, vou alterar a cor de fundo das células, como abaixo:

2

Após realizar essa alteração, ou qualquer outra que deseje, como a alteração da máscara de formatos e etc, clique na parte inferior da tela de configuração em “Salvar como default” e após selecione a opção “Salvar como default de todo o sistema para este tipo de dados”

4

Após isso é só clicar em OK e testar a funcionalidade.

Obs.: Todos os relatórios construídos ou novos que utilizarem uma coluna com este tipo de dados irão receber essa formatação como padrão. O que não significa que você não possa sobrescreve-la posteriormente na própria analise.

Aplicando uma formatação padrão por coluna de apresentação

A diferença deste tipo de padrão X o anterior descrito, é que este tipo de formato padrão fica atribuído diretamente a uma coluna especifica de apresentação, não a um conjunto de colunas.

Obs.: uma dica bastante importante neste ponto é que temos quase que invariavelmente muitos cálculos que são utilizados em diversos relatórios. Para estes também podemos criar formatos padrões.

6

Após realizar essa alteração, ou qualquer outra que deseje, como a alteração da máscara de formatos e etc, clique na parte inferior da tela de configuração em “Salvar como default” e após selecione a opção “Salvar como default de todo o sistema para FATOXXX”.QT_AREAPLANTPREV”.

Pronto, sempre que visualizar a coluna especifica QT_AREAPLANTPREV em qualquer relatório construído ou novas analises, verá a alterações dos formatos padrões.

Espero que gostem.

Abraços

Felipe Idalgo